Wizard Natal | Curso de Idiomas

ERROS DE INGLÊS QUE ATÉ NATIVOS COSTUMAM COMETER

 Home / Blog / ERROS DE INGLÊS QUE ATÉ NATIVOS COSTUMAM COMETER
ERROS DE INGLÊS QUE ATÉ NATIVOS COSTUMAM COMETER

ERROS DE INGLÊS QUE ATÉ NATIVOS COSTUMAM COMETER

Não é só quem está aprendendo inglês agora que comete erros: os nativos da língua muitas vezes também acabam cometendo alguns deslizes com o idioma, principalmente na escrita. No post de hoje, você vai descobrir alguns desses erros e aprender de uma vez por todas qual é o correto.

 

There, their or they’re?

Palavras com a pronúncia muito parecida acabam confundindo as pessoas também na hora da escrita. Esse é o caso de there, their e they’re. Cada um possui um significado, mas acabam se misturando no uso do dia a dia. Veja exemplos de situações de uso correto de cada uma:

 

There – There are many good hotel options here. – Há muitas boas opções de hotéis aqui.

Their – Their house was recently renovated. – A casa deles foi reformada recentemente.

They’reThey’re very friendly. – Eles são muito simpáticos.

 

I or me?

É muito comum ver pessoas confundindo o I e o me no inglês. Ambos se referem à pessoa que está falando, mas o I é para situações em que a pessoa é responsável pela ação, e o me para quando ela recebe a ação. Não entendeu? Veja os exemplos abaixo de algumas situações:

 

Peter and I are going to the beach. – Peter e eu estamos indo à praia.

 

You need to talk to Mary and me. – Você precisa conversar com a Mary e comigo.

 

You’re or your?

Esse é mais um erro recorrente pela pronúncia parecida. As pessoas se confundem muito ao escrever you’re ou your porque são muito semelhantes na fala. Não é estranho ver um e-mail escrito por um nativo de língua inglesa que usou your para se referir a “você é, está ou vocês são, estão”. Dá uma olhadinha para entender como é o uso correto.

 

You’re very anxious, you need to relax more. – Você é muito ansioso, precisa relaxar mais.

 

Your son wants to talk to you. – Seu filho quer falar com você.

 

I were or I was?

Nós já explicamos por aqui quando usar was e were, mas esse erro é bastante cometido no dia a dia por conta da exceção que existe quanto aos pronomes que, em geral, acompanham o was. Quando a situação não for real e você estiver se referindo a um desejo ou hipótese, o correto é usar sempre o were. Entenda melhor:

 

I was happier. – Eu era mais feliz.

 

If I were an actor, I would like to work with this director. – Se eu fosse um ator, eu gostaria de trabalhar com esse diretor.

 

Affect or effect?

O verbo e o substantivo costumam trocar de lugar nos textos de alguns americanos também. Affect quer dizer “afetar”, enquanto effect significa “efeito”.

 

The effects of the medicine are usually slow. – Os efeitos do remédio costumam ser lentos.

 

Your pessimism doesn’t affect me. – Seu pessimismo não me afeta.

 

Then or than?

Para fechar a lista, uma confusão entre a letra “e” e “a” que pode mudar completamente o sentido de uma frase. A palavra thenpossui diversos significados, entre eles “então”, “aí” e “depois”. Já than é usada para “que” ou “do que”. Veja como essa troca pode confundir:

 

Para dizer:

I’d rather earn money, then spend.  Eu prefiro ganhar dinheiro e depois gastar.

Você deve usar then. Se trocar por than veja como ficaria:

I’d rather earn money than spend. – Eu prefiro ganhar dinheiro do que gastar.

 

Já para dizer:

I’d rather chocolate than vegetables. – Eu prefiro chocolate do que de legumes.

Você deve usar o than, pois trocando por then a ideia muda:

I’d rather chocolate, then vegetables. – Eu prefiro chocolate, depois legumes.

Inscreva-se agora e ganhe desconto na matrícula